Instituto MM articula parceria com governo da Paraíba para ofertar ensino a distância no sistema penitenciário

06/09/2020

Instituto MM articula parceria com governo da Paraíba para ofertar ensino a distância no sistema penitenciário

Desde agosto, o Instituto Mundo Melhor tem articulado com o governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), a consolidação de uma parceria a fim de implantar aulas através do ensino a distância para os ressocializandos, seus familiares e policiais penais. A ação prevê a oferta de cerca de 220 cursos, com validação acadêmica da Universidade Norte do Paraná (Unopar), de Ponta Grossa (PR). 

Para discutir a parceria, o secretário da Administração Penitenciária, Sérgio Fonseca, participou de uma videoconferência com representantes do Instituto Mundo Melhor, o coordenador geral, Orion Barbosa, e a assistente social, Fernanda Celano. Também participaram o secretário executivo da Seap, João Paulo, o gerente de Ressocialização, João Rosas, e a assessora técnica do Escritório Social, Leilane Soares de Lima. 

Durante a reunião online, o secretário Sérgio Fonseca falou sobre o planejamento estratégico da Seap para os próximos dez anos, que tem como principal indicador a diminuição da reincidência criminal dos reeducandos, com foco nas áreas da educação, saúde e assistência social, principalmente na geração de emprego e saúde. E citou a criação do Escritório Social como uma das medidas neste sentido. 

“A intenção é que eles consigam sobreviver numa atividade fora e não voltem ao sistema prisional. Então é de fundamental importância estabelecer parcerias com uma instituição de excelência como o IMM, para que possamos atingir nossa maior meta, que é a diminuição da reincidência e também a reinclusão dos nossos reeducandos no mercado de trabalho e na sociedade”, ressaltou Fonseca. 

O coordenador geral do Instituto Mundo Melhor, Orion Barbosa, disse que o IMM conta com 117 parceiros, dentre eles: instituições, associações, Rotary Clube, juízes federais e que, além disso, a empresa tem como diferencial os projetos próprios e parcerias com os governos.  “Uma das nossas principais parcerias é com a Ajufe (Associação de Juízes Federais do Brasil), em que um dos participantes é um juiz federal que já fez curso numa Penitenciária em Nova Iorque e trouxe sua experiência para o grupo”, evidenciou.

De acordo com Fernanda Celano, assistente social do IMM, além da validação acadêmica, os cursos também servem como remição de pena. Caso o projeto seja firmado no estado, os apenados terão à disposição cursos nas áreas de educação, saúde e bem-estar, informática, línguas, governança doméstica, administração e empreendedorismo.

 

Informações e fotos: site do Governo do Estado da Paraíba.

×
Comunicado